História da Carne seca na moranga, com direito a receita!

17:09 Farnel Gastronomia Paranaense 0 Comments




Hoje falaremos sobre um dos pratos mais bonitos e saborosos da nossa casa: a carne seca na moranga. Apesar dele ser servido em diversos formatos pelo país, já é marca registrada na gastronomia paranaense!

HISTÓRIA

A moranga, também conhecida como abóbora, era um dos principais alimentos de base dos brasileiros durante o período colonial. Segundo estudos da Embrapa, os índios já cultivavam abóbora no Brasil. Portanto, ela é um elemento legitimamente brasileiro!

A ideia de juntar a moranga com a carne seca veio dos nordestinos, grandes apreciadores desse tipo de carne. Por lá eles a comem com jerimum, uma abóbora não muito comum aqui no Sul.  

Dentre as adaptações feitas pelos paranaenses, está a troca do jerimum pela moranga e ainda o acréscimo do requeijão tipo catupiry, que dá muito sabor e cremosidade ao prato!

Ficou com água na boca? Confere a nossa receita deste delicioso prato servido no Farnel

Porção individual

Ingredientes:
80 gr de carne seca dessalgada e cozida
100 ml de molho de tomate feito em casa
02 gr de sal
02 gr pimenta do reino
02 gr de coentro
20 ml azeite
06 tomates cereja
270 gr de moranga cozida no caldo da carne seca
30 ml de requeijão cremoso
Ou Creme de queijo (4 colheres por porção)

Modo de Fazer:Dessalgar a carne seca em quatro águas. Cozinhar em panela de pressão. Retirar a carne seca e cozinhar a moranga no caldo. Desfiar e retirar a gordura da carne seca; colocar em caçarola com o azeite e temperos; quando estiver frigindo, colocar molho de tomates e tomates cereja. Deixar apurar mais alguns minutos. Montar em um prato, colocando a fatia de moranga e a carne seca em cima. Regar com o requeijão cremoso. Salpicar com cebolinha.
Gostou do que vai na receita? 
Você pode saborear este prato aqui no Farnel, com o toque especial da chef Gloria, por apenas R$38,90. Aproveite!


Fontes: Embrapa e Wikipedia.

0 comentários: