Memórias Gustativas da Chef Gloria: Doce de Leite

15:50 Farnel Gastronomia Paranaense 0 Comments




Quando cozinhamos, nos vêm à lembrança alguns pratos que experimentamos ao longo da vida. Muitas vezes nos espelhamos em nossos pais, avós e familiares. A memória gustativa da nossa chef Gloria Vargas é rica dessas referências. Segundo ela, o seu doce de leite, que é louco de bom, tem como norte o doce de um homem que significou muito para ela: seu avô paterno.

Confira a memória que ela tem do doce do vovô:

“Tenho referências de alguns homens na cozinha...
Meu avô paterno, com o qual pouco convivi pela distância que naquele tempo, deixou uma lembrança inscrita na minha memória gustativa: seu doce de leite. Era muito bom mesmo!

Feito em fogão à lenha, em panela de ferro, com leite recém tirado e açúcar. A mistura ficava sobre a chapa do fogão durante, aproximadamente, seis horas. O doce ficava cor de caramelo e era grumoso. Simplesmente divino! Por mais que eu tenha tentado fazer igual... o leite, a panela, o fogão e o saber não são os mesmos...”

Parece que tudo dos nossos avós é mais gostoso, não é mesmo? No Farnel dá pra saborear um pouquinho dessa memória tão significante nos nossos doces de colher, que além de doce de leite têm mais cinco opções: chocolate, coco, abóbora, café e amendoim! 


0 comentários: